18 dezembro 2013

Saudade!



Tudo o que fica de quem não ficou, tudo o que resta de alguém que por nossa vida passou.
Passou, marcou e simplesmente partiu; não me perguntou se eu sentiria tua falta, tão pouco se eu queria que você ficasse, apenas foi sem sequer olhar para trás.
Por um momento pensei "Não vou aguentar", te vi partindo e foi impossível não chorar...
Mas passou, já foi, não volta mais; meu coração foi obrigado a entender que de você eu só guardarei as lembranças e essa saudade.
Como me dói lembrar de tudo, por isso tenho evitado a falar a respeito. Esquecer de tudo seria como passar uma borracha na vida e isso é impossível.
Sinto sua falta, talvez mais do que deveria... Mas não posso, não dá, você se foi sem olhar para trás, eu preciso te esquecer, quem dera fosse fácil, quem dera eu conseguisse...
Talvez você não mereça essa saudade que guardo no peito, mas o que posso fazer? Marcou minha vida e foi embora, ainda não consegui sequer entender.
Sinto sua falta, mas confesso, sinto mais falta do que eu era quando estava com você. Mas tudo bem, deixo o tempo passar pois um dia eu ei de te esquecer. O destino á Deus pertence, quem sou eu para tentar mudar? Deixo apenas que o tempo passe e faça meu coração acalmar. Sem essa de não merecer pois afinal você realmente nunca mereceu, mas meu coração não entende ele ainda chama pelo seu...Que o tempo passe e cumpra tua função enquanto eu tento não lembrar. Vai ficar escondido lá no fundo que eu nunca deixei de te amar. Mas ninguém precisa saber, nem tampouco eu vou contar, vai me ver sorrindo por aí e achar que te esqueci, não se iluda é apenas um sorriso não é a realidade, você não será capaz de reconhecer o meu sorriso de saudade...




Nenhum comentário:

Postar um comentário