16 fevereiro 2013

Gravidez na adolescência!



Esse post vai servir muito para as adolescentes que por falta de cuidado e conhecimento ou até mesmo por uma questão de querer, - é acredite se quiser hoje em dia muitas engravidam por querer- hoje estão gravidas e com uma baita de uma responsabilidade sobre as costas.

Toda garota conhece os riscos e prejuízos que vai acabar sofrendo se precisar assumir o papel de mãe antes da hora. E não são poucos! Mas de uma coisa você pode ter certeza: com o apoio de quem ama e com os cuidados essenciais, poderá garantir uma gestação tranquila e um recomeço mais fácil depois que o bebê chegar.

Se você fez o teste e descobriu que está esperando um bebê ou se anda desconfiada que seu método de prevenção falhou, vale ler este post até o final, fui atras de algumas dicas super importantes que vão fazer você se sentir mais forte e segura, pronta para enfrentar as grandes mudanças que virão daqui pra frente.


1. Não sofra sozinha.
Vai ficar muito mais difícil lidar com todas as dificuldades do período se você estiver sozinha.Então, ainda que num primeiro momento você não se sinta à vontade para se abrir com seus pais,procura um adulto de confiança e conte a ele tudo o que está acontecendo.Pode ser a mãe de uma amiga, uma tia ou mesmo uma professora com quem você tem afinidade.Nesse momento, um simples abraço, de alguém capaz de acolhê-la, vai fazer toda a diferença. 

2.Deixe a culpa de lado.
É natural rolar um baita arrependimento por não ter agido de um jeito diferente e por ter deixado as coisas chegarem a esse ponto. Mas pensa bem: a responsabilidade não é só sua. El é do seu namorado ou ficante. Agora, se isso não muda muito as coisas, considere que o fato de ficar se torturando com essa sensação de culpa também não vai ajudar em nada a resolver os problemas que estão aí, bem diante do seu nariz.Então, aceite que não tem mais como voltar atrás e concentre toda a sua atenção nas atitudes que precisará tomar a partir de agora, para que os impactos negativos na sua vida, na vida da sua família e, principalmente, na vida do seu filho, sejam os menos possíveis. 

3. Conte o quanto antes aos seus pais.
Por mais que a família seja liberal e tranquila, dar uma noticia dessas não é a coisa mais fácil do mundo. Porém, quanto antes você decidir falar, melhor.Assim seus pais vão poder se preparar, com mais tempo, para a chegada do neto. Pode ser até que não aceitem no inicio, mas, acredite:quando a barriguinha começar a cresce, há grandes chances de que a postura deles seja outra e que passem a apoiá-la de modo como você nunca imaginou.No entanto, é bom entrar nessa conversa prepara pra tudo, afinal, para a sua família a situação também é dolorida.E tem mais, de que adianta ter tanto medo da reação deles?Ela sera a mesma se você estiver de dois, cinco ou sete meses. Então, o melhor é enfrentar logo essa situação.

4. Cuide mais de vocês.
 Gravidez não é doença, como diz minha avó.Mas também é a mais pura verdade que você vai ter quer mudar um pouquinho a sua rotina enquanto a barriga estiver crescendo.Manter uma boa alimentação, é um cuidado fundamental. Então, mesmo que você não curta muito, tente aumentar o consumo de verduras, frutas,legumes e outros alimentos que fazem bem a saúde  Nas aulas de educação física ou nos momentos de folga, evite ficar abaixando e levantando demais, não carregue peso nem faça esforço e passe longe dos esportes de impacto, como vôlei, handebol, que fazem você pular.

5.Faça o possível para continuar os estudos. 
Para muitas meninas, ter um filho significa abandonar os estudos e comprometer, assim, seu futuro profissional.Durante a gravidez, pode rolar indisposição,cansaço, além da vergonha de ter de encarar a galera com o barrigão.Depois que o bebê nascer , as noites mal dormidas e o pouco tempo livre para pegar nos cadernos vão fazê-la pensar mil vezes antes de topar o desafio de continuar os estudos.Mas o esforço certamente vai valer a pena, então, não desista.Não é porque você engravidou que precisará abrir mão de todos os planos que fez, até mesmo os profissionais. Basta saber que, para conquistar os seus sonhos, tendo um bebê em casa, precisara se dedicar muito mais. De qualquer forma, suas chances de se dar bem em todos os campos continuam existindo. Tudo depende de você, de como você vai organizar a sua vida deste momento em diante.

6.Seja forte para enfrentar o que vem por aí.
A sua vida vai mudar.E muito. Você vai ter menos tempo para os amigos e menos tempo para você mesma.Por outro lado, terá de dar conta de um montão de responsabilidades. Talvez se case. Talvez não. Seja como for, só não vale acreditar que haverá apenas sofrimento nesse novo caminho.Pense que as lições que esta aprendendo agora vão valer por toda a sua vida, se souber aproveitá-las.Tente olhar para o futuro com otimismo, continue correndo atrás dos seus objetivos e deixe pra lá esses pensamentos sobre como " poderia ter sido se..." Aceite as coisas como elas são hoje, conte com o apoio das pessoas que estão ao seu lado e abra o seu coração para aceitar essa criança. Lembre-se de que ela já vai nascer amando você. 

 Alguém ai já passou por essa situação ou esta passando? 




Nenhum comentário:

Postar um comentário