08 fevereiro 2012

Namoro a distância: Dá pra encarar ?


Você gosta muito daquela pessoa, mas tem medo de assumir algo por causa da bentida distância ?
Se qualquer relacionamento já é por si só, complicado, imagine se relacionar com uma pessoa que não está fisicamente perto de você. É complicado. Nesse tipo de relacionamento, tudo se potencializa: os ciúmes são maiores, a saudade é maior (lógico), as discussões bobas, enfim, tudo se potencializa pelo simples fato de não ter a pessoa ali do seu lado.
Claro que existem milhões de coisas ruins, mas também a muita coisa boa.
Namoro a distância faz mais de um ano, não vejo meu namorado todos os finais de semana só quando da certo, mas geralmente nos vemos de 2 a 3 vezes por mês.
Para encarar um namoro a distância antes de tudo você tem que ter certeza de que e isso mesmo que você quer, vai ter dias em que a saudade vai apertar, em que você vai estar carente precisando um abraço da pessoa que ama e muitas vezes não vai ter como,  pensar bem antes de encarar um namoro desse é a melhor coisa para ninguém se magoar.

Prós x contras 

Contras: Ausência Nesse caso o melhor a se fazer é arruma uma maneira de não se sentir tão longe da outra pessoa: internet, SMS, telefone (se não for muito caro), enfim, uma maneira de, pelo menos de algum modo, ter a pessoa um pouco mais dentro da sua vida.
Ciúmes Namorando alguém que more longe você vai conhecer seu verdadeiro ‘eu’. Se você não é ciumento, vai ficar. Se é um pouco, vai piorar. É muito mais fácil confiar quando você poderia esbarrar com a outra pessoa em uma esquina a qualquer momento. É muito fácil não ter ciúmes dos amigos dela quando você os conhece, e os vê até com certa freqüência. Agora, não ter ciúmes quando a outra pessoa sai com os amigos ou algo que o valha a centenas de quilômetros da sua casa é outra estória. Pro seu namoro não virar um inferno, tente se controlar. Tente entender que não há nada que se possa fazer, senão vocês vão virar dois parasitas que só ficam dentro de casa. Tente contornar, tente conhecer as pessoas que a cercam.
Medo da traição, a maior base do relacionamento a distância é a confiança. A traição pode acontecer tanto para quem mora junto quanto para quem mora distante, não há como evitar em muitos casos. Porém, a confiança é a chave, e se ambos estão mesmo juntos nessa, esse é um medo que você pode excluir da sua mente. Sempre é mais difícil confiar as cegas, mas pense comigo: alguém sustentaria uma relação a distância se não gostasse de verdade da pessoa? Eu acho que não.

Prós: Aproveite a distância para conversar.  Sobre TUDO!
Como basicamente o que sobra pra vocês é o contato virtual, aproveite para conversar sobre tudo com seu parceiro. Bolem algum tipo de brincadeira onde um faz uma pergunta sobre qualquer coisa e o outro responde de forma sincera, trocando após a resposta. Se o relacionamento é sério e nenhum dos dois tem nada a esconder, esse tempo de conversa “obrigatório” servirá para mais que apenas falar qualquer coisa e ficar com mais saudade ainda. Ocupar a mente descobrindo novidades é um dos melhores remédios para a distância.
A rotina não existe nesse tipo de relação, o que torna todos os encontros muito felizes e cheio de novidades. 
O amor supera tudo! É nisso que você tem que focar. Todo relacionamento tem momentos de adversidade e o importante é lembrar do que os une. O amor entre vocês é maior que a distância que os separa, certamente, e contra isso não tem argumento nenhum que possa desabonar o relacionamento. 


Distance means nothing when someone means everything!


Nenhum comentário:

Postar um comentário